FIQUE ATENTO À VAZAMENTOS NA PISCINA (E SAIBA COMO RESOLVÊ-LOS)

Categorias:

Ter uma piscina em casa é um privilégio, mas também um fardo.

Sem dúvida, por mais que esse tipo de estrutura possa ser muito bem aproveitada e trazer incontáveis momentos de alegria para seus usuários, é inegável que ela também exige cuidado e atenção; é preciso estar atento às condições da água para que não haja proliferação de doenças e também ao seu nível, para certificar-se de que não há nenhum vazamento ocorrendo — imagine o estrago ambiental, estrutural e até mesmo econômico que um vazamento pode fazer em uma estrutura que comporta milhares de litros de água.

Com isso em mente, decidimos preparar um texto no qual mostraremos as formas mais fáceis de identificar vazamentos em piscinas, assim como a forma correta de agir se você identificar esse tipo de problema.

SINAIS DE QUE EXISTE UM VAZAMENTO

A maior parte das pessoas atenta-se ao detalhe óbvio: redução no nível d’água.

Contudo, nem sempre uma diminuição no nível d’água indica necessariamente um vazamento; é normal a água reduzir um pouco por outras questões, tal qual a evaporação provocada pelo sol, uso de certos produtos químicos e afins.

Sendo assim, o ideal é realizar alguns tipos de testes para verificar se é uma evaporação normal ou não. Aqui no blog já falamos a respeito desses testes, porém não por via das dúvidas é interessante relembrá-los:

  • Marque o nível d’água com uma fita;
  • Aguarde entre 3 e 5 dias;
  • Após esse período, meça novamente o nível d’água e veja o quanto ele baixou. O normal é que ele tenha reduzido cerca de 3 milímetros por dia. Se a redução foi maior que isso, desconfie.

Outro teste interessante é o do balde:

  • Coloque um balde cheio de pedras ou itens pesados no degrau de sua piscina; procure deixar o nível dentro do balde no mesmo nível que o da piscina;
  • Após alguns dias, observe e compare o nível d’água dentro do balde e da piscina; se a água dentro do balde tiver diminuído menos que a da piscina, é possível que haja algum vazamento.

FORMAS DE RESOLVÊ-LOS

Infelizmente não existe uma solução universal para vazamentos; cada tipo de problema irá requerer uma solução específica.

Se o vazamento estiver ocorrendo na tubulação interna, por exemplo, será preciso repará-lo ou até mesmo trocar uma parte dos canos.

Já nos casos em que o vazamento está ocorrendo na parte interna, por conta de alguma fraqueza estrutural, tal qual uma falha no rejunte ou uma rachadura nos ladrilhos, será preciso realizar reparos mais extensos, como troca dos ladrilhos ou uma nova vedação nas juntas.

Na dúvida, portanto, busque sempre auxílio profissional, seja para identificar um possível vazamento ou mesmo repará-lo.

Nesse momento, conte com o auxílio da Higitec, uma empresa com anos de experiência não apenas em caçar vazamentos, mas também em outros serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em Contato
Central de Atendimento
24 horas
São Paulo

(11)5171-9500

Demais Localidades

0800 580 3199