Como não “baixar a guarda” para o vírus da Febre Amarela e H1N1

Categorias:

Manter a manutenção da residência é uma estratégia que elimina o foco para mosquitos provenientes da Febre Amarela e sintomas do H1N1.Além de investir na limpeza do ambiente, bem como aliviar pontos de proliferação de água, os quais causam o foco para o mosquito Aedes Aegypti, o importante está em prevenir a expansão de doenças.

Como combater o vírus da febre amarela?

A Febre Amarela pode ser desenvolvida com a picada do mosquito transmissor da patologia, para evitar o vírus a estratégia é impedir pontos de água parada na residência, estabelecimentos e jardins. Portanto não deixe pneus velhos expostos ao ar livre, busque armazenar garrafas com a boca para baixo, manter piscinas limpas e acabar com poças de águas em terrenos. A doença resulta em sintomas semelhantes ao da patologia H1N1 como febre, dores musculares, náuseas, fadiga e perda de apetite.

Importância da limpeza da residência

O mosquito não se adapta a ambientes sujos, diante disso, inserir desinfetante nos ralos e manter o local limpo é uma estratégia beneficente de higienização. A limpeza de calhas também ameniza os riscos de criadouros de larvas do Aedes, além disso, o trabalho de manutenção deve ser realizado em reservatórios ideais para o desenvolvimento de mosquitos.

  • Estratégias para evitar mosquitos

Os mosquitos aparecem com facilidade no ambiente, portanto a inserção de tela nas janelas permite a proteção aos insetos, além do uso do inseticida ser vantajoso para combater a essa ação, evitar o descarte irregular de lixos e entulhos é uma prática que impede a presença de insetos.

  • Proteção com repelente

O uso de repelente deve ser frequente, tanto na zona rural quanto urbana, pois o produto ocasiona em uma proteção a pele. Ainda regularizar a vacinação para prevenir a Febre Amarela é de extrema importância, a fim de combater a patologia.

Ambiente limpo: proteção da H1N1

O ambiente limpo e bem higienizado, livre de poeira, reduz o surgimento de sintomas da H1N1. Portanto recomenda-se manter o ambiente ventilado. A patologia pode ser transmitida via objetos contaminados, gotículas respiratórias no ar e saliva de alguém, que esteja com o vírus. A H1N1 apresenta sintomas como febre alta, dores no corpo, tosse seca, espirros, fadiga e cansaço.

Uma estratégia de prevenção de patologias é evitar locais abafados, com alta incidência de infiltrações, bolor e até mesmo cupins. Neste caso o ideal é realizar o serviço de limpeza do local, bem como adescupinização. Outra recomendação é apresentar local ventilado, com umidade adequada e livre de poeira.

A Higitec é uma empresa especializada na limpeza ágil do ambiente, os técnicos permitem eliminar possíveis focos de larvas e mosquitos. A empresa disponibiliza equipamentos de alto desempenho e mão de obra eficiente. Conheça nossos serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em Contato
Central de Atendimento
24 horas
São Paulo

(11) 5171-9500

Demais Localidades

(11) 5171-9500