APRENDA A LIMPAR A CAIXA DE GORDURA

Categorias:

 

Quando estamos na escola, aprendemos que a água não se mistura com o óleo — boa parte dos professores gosta, inclusive, de ensinar essa lição de forma gráfica, despejando algum tipo de óleo em um copo d’água para mostrar a separação de ambos.

Algo semelhante acontece com a gordura.

A água possui moléculas polares; a gordura, apolares.

Logo, quando colocamos água e a gordura juntas, as moléculas da primeira não conseguem penetrar nas da segunda, de forma que elas não se misturam — justamente por isso, não conseguimos retirar gordura apenas com água; é preciso utilizar algum agente químico, como um detergente, por exemplo.

Por esse motivo, a maior parte das edificações possui uma caixa coletora de gordura; seu objetivo é receber o fluxo de gordura que é despejado em um determinado local, evitando que o mesmo vá para a unidade de saneamento local, onde poderia causar sérios problemas para o processo de tratamento d’água.

Essas caixas, no entanto, não possuem espaço infinito; de vez em quando é preciso limpá-las de forma a evitar que as mesmas fiquem inutilizáveis.

Nesse texto, falaremos um pouco sobre a periodicidade mais adequada para a realização dessa limpeza, como ela é feita e quais cuidados tomar.

 

QUANDO LIMPAR A CAIXA DE GORDURA?

 

Infelizmente a maior parte das pessoas limpa a caixa de gordura de sua residência apenas quando elas estão entregando o imóvel (caso de venda ou devolução de imóvel alugado) ou quando a situação já chegou em um ponto crítico e os problemas começaram a aparecer.

O ideal, no entanto, é que essa limpeza seja feita a cada 6 meses para evitar problemas como obstruções do encanamento, mau cheiro, escoamento lento de água e até mesmo invasão de pragas urbanas.

 

COMO ESSA LIMPEZA É FEITA?

 

Se você realizar uma breve busca no Google, encontrará uma incontável quantidade de dicas acerca de como realizar a limpeza de uma caixa de gordura, tal qual usar bicarbonato, água quente.

Todos esses truques, no entanto, são paliativos; eles podem até ajudar em certa medida, porém não resolver o problema por completo.

Sem dúvida, para realizar a limpeza de uma caixa de gordura da forma correta, é preciso o auxílio de profissionais treinados e equipamentos específicos, tal qual aqueles empregados pela Higitec, haja vista que esse é um trabalho sensível, que requer produtos próprios para essa finalidade — lembre-se que as moléculas da gordura são apolares, não interagindo bem com água, de forma que é preciso utilizar algum reagente químico para dissolvê-la.

Tais reagentes, muitas vezes, precisam ser fortes — a gordura pode solidificar com  o tempo, tornando-se difícil removê-la —, sendo nocivos e devendo, portanto, ser utilizados apenas por profissionais treinados.

Fora isso, se você precisa de mais motivos para deixar esse tipo de serviço nas mãos de um profissional, lembre-se que a caixa de gordura faz parte do sistema hidráulico da casa; um dano à mesma pode acabar se tornando um dano para toda a estrutura hidráulica da edificação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em Contato
Central de Atendimento
24 horas
São Paulo

(11) 5182-9000

Demais Localidades

0800 580 3199